Europa, Retrospectiva

Conhecendo Madrid em 3 dias

Chegou o dia de ir para Madrid! Na época uma grande amiga, que também tem baixa visão, morava lá junto com o irmão dela. No dia anterior da viagem minha amiga de Paris fez o caminho que eu deveria fazer para pegar o ônibus até o aeroporto, tranquilo, pensei. No dia da viagem estava garoando, escuro ainda pois era madrugada, não tinha ninguém nas ruas.

Foi a primeira vez que usei a bengala, acabei me perdendo, ao invés de fazer exatamente o mesmo caminho do dia anterior eu inventei de andar do lado diferente da rua, não sabia que em um certo momento a rua fazia bifurcação, foi nessa que me perdi, comecei a me apavorar porque se eu perdesse o ônibus que ia até o aeroporto eu perderia também o vôo, quando nesse desespero fui atravessar a rua e estava vindo um carro, parecia esses de entrega, parei no meio da rua e o carro parou, pedi informação, ele não falava inglês e eu não entendia o que ele falava em francês, até que ele falou (gesticulou) para eu entrar no carro que me levaria onde eu queria ir, pensei no que fazer, mas no meu desespero aceitei a carona, entrei no carro e lá fomos. Quando chegamos comecei a correr, imaginem uma ceguinha correndo de bengala e gritando “Espera! Espera!”, o ônibus estava saindo, quando entrei no ônibus foi o maior alívio!

Foto tirada da jnela do avião quando eu estava chegando em Madrid, aparece as casinhas e ruas ue parecem miniaturas.

Adoro tirar foto da janela do avião 😉

Janela do avião

Mais fotinho do avião

No aeroporto de Madrid falei para a funcionária que estava esperando uma amiga que também era deficiente visual, mas que o irmão dela que enxerga estaria junto (não o conhecia pessoalmente, ele só tinha me visto por foto) e provavelmente ele me encontraria. No desembarque ela aguardando comigo e nada de aparecerem, via alguém parado relativamente próximo a nós, ficava pensando se seria ela, mas estava sozinha então descartei, depois de muito tempo, uma “olhando” para a outra, ela se aproximou e foi ai que nos encontramos! No fim, as duas que não enxergam que se encontraram…kkkk

Foram apenas 3 dias em Madrid, mas foram muito intensos, eles me levaram para conhecer a cidade toda, andamos muito!! E andamos mesmo, como foi viagem econômica (como em todas as minhas viagens), o negócio é economizar em comida e transporte, então fizemos tudo a pé! Conheci a ONCE, que é uma renomada Instituição para deficientes visuais na Espanha. Comi o tradicional “bocadillo de calamares” (sanduiche de lula), para cada mordida era 1L de água, na metade falei pro irmão da minha amiga que não aguentava mais (mentirinha, era só para não comer mais aquilo, mas ele adorou comer o que sobrou..rs). Ah, ele nao sabia disso ate ler este post…kkkkkk

Estou segurando o sanduiche de lula com um sorriso meio torto, cara de quem não está lá muito feliz em ter que comer o negóci...risos

Minha cara feliz para comer o bocadillo de calamares

Fizemos até piquenique na Plaza Mayor, essa praça sobreviveu a 3 grandes incêndios, foi o centro de grandes acontecimentos como inquisições, corrida de touros, canonizações, execuções públicas, representações teatrais e coroações reais. Ela é retangular e rodeada por edifícios de 3 andares.

A Plaza Mayor é retangular e é rodeada por todos os lados de edifícios de 3 andares, a entrada na praça é feita apenas pelos seus nove pórticos, debaixo desses pórticos existem pontos comerciais.São 237 varandas por toda praça. Na foto aparece uma parte desses prédios, eles são compridos e aparece 2 torres que são pontudas.

Plaza Mayor

Próximo de lá tinha uma loja com várias coisas do Star Wars, bonecos, nave espacial, máscaras que ficamos tirando fotos e levamos bronca porque não podia tirar fotos..rs

Eu usando a máscara do Darth Vader

A Puerta del Sol é um dos locais mais famosos e concorridos da cidade, no dia que fomos estava bem cheio. Lá está localizado o KM 0 das estradas espanholas desde 1950. Em um edifício próximo é onde foi construído o relógio da torre que faz tradicionalmente a contagem decrescente para a entrada do novo ano.

Já estava anoitecendo, algumas luzes já acesas, mais para direita da foto possui a torre do relógio.

Plaza Puerta del Sol

No Parque do Retiro tinha um Mickey fajuto que se ofereceu para tirar fotos, como boa turista lá fui eu e minha amiga tirar foto com ele, depois ele ficou pedindo “propina”, com dor no coração dei uma moedinha (já que a viagem era toda calculada)…rs. Em Madrid possui muitos personagens nas ruas que querem um troquinho para tirar foto com eles.

Minha amiga a esqerda, o Mickey e eu no Parque do Retiro

No caminho para algum dos pontos turísticos passamos por uma ponte que é cercada por vidro, fizeram isso porque aconteciam muitos suicídios no local.

Estamos eu e minha amiga na ponte, ela está fazendo pézinho para eu pular pelo vidro. Estamos meio de lado e estou com a mão direita apoiando no topo do vidro.

O irmão da minha amiga estava se achando, guiando 2 ceguinhas, uma do lado direito e outra do esquerdo, uma loira e outra morena. ..kkkkkk

Da esquerda para direita: Meu irmão da minha amiga, minha amiga e eu. Foto da cintura para cima dentro da loja do Star Wars, aarece a cabeça de algum boneco atrás de nós.

Fomos na Puerta de Alcalá,uma das portas reais de acesso a cidade de Madrid, ela foi construída para delimitar a cidade da parte oeste e seu portal de ferro se fechava ao entardecer. Nos dias festivos a porta fica iluminada, dizem ser lindo! É possível se ver na estrutura os impactos de balas deixados no passado.

Estou sentada em uma praça e ao fundo a Porta de Alcalá, possui duas portas retangulares que estão ao lado de três arcos

Puerta de Alcalá

No dia de ir embora foi bem triste. Como disse no início, foram só 3 dias mas foi tudo muito intenso! Chorei bastante no avião.. Snif Snif. Ah, comprei uns croissants de chocolate que não estavam deixando eu embarcar com eles na sacola, pois era permitido somente 1 bagagem de mão, não podendo ser sacola e mochila, precisei socar tudo na mochila, não podia deixar essas delicias para trás!

Diferente de todas as viagens que fiz, normalmente sou a primeira a entrar no avião, mas lá fui a última e me explicaram que o avião continua sendo abastecido enquanto os passageiros estão entrando e por segurança quem é preferencial entra por último porque caso aconteça algo será mais difícil sairmos correndo, o que achei fazer todo o sentido.

*Última parte da viagem em Apreciando os encantos da Grécia!

Leia a primeira parte em Minha primeira vez em Paris: Explorando a cidade luz

Assista ao vídeo da viagem no Youtube clicando aqui

“Eu viajo… Você embarca… Juntos outra vez em mais um aprendizado!”

Reserve seu Hotel com a nossa parceira Booking.com!



 

Artigo anterior Próximo artigo

Veja também:

Deixe uma resposta

Comentários

  • Reply Miriam 29/09/2016 at 19:56

    Que linda viagem, e como os irmãos de Madrid são meus filhos gostei ainda mais.Voce narra muito bem deveria ser escritora, adorei essa leitura bem esclarecedora. Beijos.

  • Reply Silvana 30/09/2016 at 01:32

    Me sinto viajando com vc!! Parabéns mais uma vez!! Adorei ler os detalhes de mais essa sua aventura!! E rumo à Grécia!! 🤗🤗🤗🤗

  • Reply Fabiana 04/10/2016 at 02:30

    Que delícia! Estive em Madrid o ano passado com meu esposo, é impossível não se apaixonar, já estou morrendo de saudades, sonho em um dia voltar e levar nosso pequeno de anjinho.
    Tenho certeza que ainda o levaremos para se divertir no Parque Del Retiro…
    Adorei sua aventura (lindas fotos) sempre estou te acompanhando, e te admiro muito!!!! Um grande abraço !

    • Reply 4pataspelomundo 07/10/2016 at 13:58

      Olá Fabiana! Madrid é uma delicia, pena que fiquei pouco tempo. Em breve irá com seu anjinho 😉
      Que bom que está gostando do blog, ainda tem muitas aventuras por vir! Abraços

  • Reply Bonjour | 4 Patas pelo Mundo 27/10/2016 at 15:02

    […] Buenas Tardes Mi Madrid querida […]