Atualidade, cão-guia, Nosso cotidiano

Cães de Assistência e Cães de Intervenção Assistida com Animais

Estava sumida por aqui né? Foi por um bom motivo, estava na América do Norte curtindo os parques de Orlando e o verão da Flórida! 🙂 Em breve começo a postar tudinho aqui para vocês dessa viagem incrível!

Para dar um gostinho a vocês do que os esperam, já vejam as fotos nas nossas redes sociais, Facebook e Instagram, aproveitem também e se inscrevam em nosso canal no Youtube que terão muuuitos vídeos da viagem!!

O assunto de hoje é um texto que era para ter postado antes da viagem, mas foi tudo muito corrido e não consegui!rs. Mas acredito que nada é por acaso e casa um pouco sobre o que vivi com a Hilary em Orlando.

Calma, vou explicar tudinho para vocês! 😉

Fora do Brasil é muito comum ter Cães de Serviço, é mais comum essa nomenclatura do que somente Cão Guia e todo mundo que ia falar sobre a Hilary nos EUA dizia “It´s a Service Dog” (é um cão de serviço). Mas você sabe a diferença entre eles? É o que explicarei nesse post, pois cada um é um tipo diferente de Cão de Assistência! 😀

Existem os Cães de Assistência e os Cães de Intervenção Assistida por Animais.

Os Cães de Assistência auxiliam pessoas com deficiência em sua rotina, trazendo mais independência, confiança, autoestima, além do companheirismo! São cães sociáveis, convivem bem com outros animais e pessoas e possuem mais facilidade em se adaptarem a diferentes ambientes e situações.

São 4 tipos de Cães de Assistência: Cão Guia, Cão de Serviço, Cão de Alerta Médico e Cão Ouvinte.

⇒ Cão Guia – é a nossa linda e amada Hilary! <3 São cães treinados para guiar pessoas com deficiência visual. Desviam de obstáculos, encontram a porta do elevador, escada, ônibus, estabelecimentos, hotel, encontram até o quarto em que estamos hospedados! 😉

⇒ Cão de Serviço – Os cães de serviço ainda não são muito conhecidos no Brasil, mas possuem uma tarefa tão importante quanto a de um Cão Guia! Existem várias categorias de Cães de Serviço, vamos a elas:

∴ Autistas – esses cães são treinados para deitar no chão, impedindo que uma criança saia correndo e fuja;

∴ Diabéticos – os cães avisam quando há grandes variações do índice glicêmico através do cheiro que a pessoa exala;

∴ Cães de Alerta – esses cães são treinados para avisar alguém quando a pessoa está tendo uma crise de alergia ou epilepsia;

∴ Cães para Mobilidade – são treinados para auxiliar cadeirantes pegando coisas do chão, abrir e fechar portas, chamar o elevador, buscar objetos e mais atividades conforme a necessidade da pessoa.

Fora do Brasil também tem os cães de suporte emocional, ajudam principalmente pessoas com depressão.

 

Cães Ouvintes – Auxiliam pessoas com deficiência auditiva. Os Cães-Ouvintes são treinados para alertar sons importantes como campainhas, telefone, chaleira, quando o bebê está chorando ou quando alguém está chamando. Eles fazem contato físico e levam seus parceiros com deficiência auditiva até a fonte do som.

Fonte: http://caoinclusao.com.br/caes-de-assistencia/

 

A Intervenção Assistida com Animais (IAA) é uma intervenção com objetivos definidos que inclui a presença/participação ativa de animais nas áreas da saúde e educação, com a finalidade de proporcionar benefícios terapêuticos. Dentro das IAA existem dois tipos de intervenção:

  • Terapias Assistidas com Animais (TAA) – é uma intervenção com metas definidas, planeada e estruturada, aplicada por profissionais das áreas da saúde e/ou educação, devidamente habilitados. Todo o processo deve ser documentado e avaliado periodicamente. As TAA têm como objetivo melhorar funções físicas, cognitivas, comportamentais e/ou sócio-emocionais, na qual o animal é parte integrante do processo terapêutico.
  • Educação Assistida com Animais (EAA) – é uma intervenção com metas definidas, planeada e estruturada, aplicada por profissionais da área da educação. A EAA é implementada por professores qualificados, tanto em educação geral como em educação especial, que tem como objetivo melhorar o sucesso académico, capacidades sociais e função cognitiva. O progresso do aluno é medido e documentado.

As Atividades Assistidas com Animais (AAA) são interações informais/visitas muitas vezes realizadas pelo binómio humano-animal para fins motivacionais, educativos e recreativos. Estas interações não têm metas terapêuticas. As AAA são geralmente facilitadas por indivíduos que não têm formação na área da saúde, da educação ou de serviço social.

Fonte: http://www.cpcanimal.pt/pt/client/skins/areas.php/?id=172&catpai=7

 

Fala sério né? Esses bichinhos são incríveis!! Vocês sabiam que eles eram capazes de ajudar tanto a gente assim? 😉

Ajudem a compartilhar para que mais pessoas tenham conhecimento de como é lindo a parceria entre cão e humano e aprenderem sobre os diferentes tipos de Cães de Assistência! <3

 

Conheça mais sobre o trabalho dos Cães Terapeutas clicando aqui.

A Bocalan Brasil treina Cães de Serviço, você também pode ser uma Família Socializadora. Para saber mais sobre a Bocalan clique aqui.

Algumas instituições que treinam Cães Guia no Brasil: Instituto IRIS, Instituto Magnus e Helen Keller.

Aproveito e compartilho com vocês a palestra que participei como painelista (respondendo perguntas) no final de abril falando mais sobre esses “Anjos de 4 Patas”. <3

“Eu viajo… Você embarca… Juntos outra vez em mais um aprendizado!”

Reserve seu Hotel com a nossa parceira Booking.com!



Artigo anterior Próximo artigo

Veja também:

Deixe uma resposta

1 comentário

  • Reply Angela Maria F. Cascão 30/07/2017 at 01:03

    Olá, Melina!
    Seu blog está muito bom!
    Gostei muito de conhecer um pouquinho do trabalho dos ‘anjos de quatro patas’. Continue trazendo novidades sobre p assunto, claro não deixando de nos proporcionar a oportunidade de viajarmos com você através de seus relatos que são ótimos.
    Estou pesarosa de não poder ir com vocês a Orlando em Janeiro. Irei depois junto com 4Patas pelo Mundo kkkk. Bjs. Sucesso!
    Angela Cascão