Atualidade, cão-guia, Nosso cotidiano

Como viajar com o seu pet para outro país

Essa semana fui a VIGIAGRO para pegar a documentação necessária para ir aos EUA com a Hilary, e vi muita gente chorando e nervosa porque não conseguiu pegar o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) para sair com seu pet do país. Por isso resolvi escrever esse artigo para dar algumas dicas e falar sobre minhas experiências.

Primeiro você precisa acessar o site do Ministério da Agricultura para verificar quais as exigências do país de destino (soube que para Europa o animal precisa fazer vários exames e o processo leva meses, por isso a importância de checar no site assim que decidir a viagem). Após conferir essa informação precisa ligar no Ministério da Agricultura e agendar um horário para levar a documentação necessária, normalmente eles pedem para ligar com 20 dias de antecedência da viagem e eles agendam para mais próximo do embarque pois o CZI é válido por 10 dias. Eu gosto de reforçar por telefone também as informações que o veterinário precisa colocar no atestado para não ter erro.

Ano passado fui ao Chile, eles são bem exigentes, para não dizer chatos…rs. Precisei voltar 3 vezes ao aeroporto porque tinha informações erradas ou faltou informação, somente no 3º dia que consegui o CZI, já estava desesperada pois viajaria no dia seguinte. Como o CZI tem validade de 10 dias e eu fiquei 13, para retornar ao Brasil precisei ir a um veterinário de lá e pegar outro atestado e com o documento em mãos ir ao SAGE para pegar o CZI para retornar ao Brasil. Recomendo que não deixe isso para última hora, você perde o dia inteiro para resolver tudo.

Como já tinha essa experiência do Chile, ao ligar para agendar para dar entrada no pedido do CZI para ir aos EUA, perguntei várias vezes o que o veterinário precisava escrever no atestado, não queria passar pela mesma experiência do ano passado. Só reforçaram que precisava estar constando que o animal era livre de miíase (bicheira), além das outras informações como a validade da vacina antirrábica e dos antiparasitários. Como ainda não viajei e muito menos retornei, ainda não sei do procedimento para retorno, depois atualizo o artigo para vocês! 😉

Outra coisa, preste muita atenção se o veterinário escreveu tudo corretamente, cheque as datas informadas, somente no dia da minha visita 4 pessoas tiveram o atestado recusado porque o veterinário escreveu a data errada.

Nas duas situações eu perdi o dia todo para pegar a documentação, se preparem para ir com tempo!

Para quem não tem “tempo a perder”, algumas empresas fazem esse serviço por você, verificam toda a documentação necessária e fazem todo o procedimento até a retirada do CZI (normalmente não fica pronto no mesmo dia).

Uma dessas empresas é a Pet Clin, os conheci na VIGIAGRO enquanto eu esperava a documentação da Hilary ficar pronta, eles estavam tirando a documentação para os gatinhos de uma cliente que irá se mudar para Europa. A clínica está localizada em São Paulo, próximo a Santo Amaro. Podem entrar em contato com eles pelos telefones: (11) 5521-6160 ou 3542-3334.

Telefone do Ministério da Agricultura de São Paulo – (11) 2445-5956

Site: http://www.agricultura.gov.br

 

Existe também o Passaporte Animal, ele leva 30 dias úteis para ser confeccionado e não tem custo. É válido para os países do Mercosul. Para verificar a documentação necessária deve enviar e-mail para czi.agricultura@gmail.com e colocar no assunto “Passaporte Animal”. Ainda não tirei para Hilary, mas pretendo fazê-lo. Ele ajuda pois você não precisa pegar um novo CZI ao retornar para o brasil com o seu pet.

 

Espero ter ajudado vocês com essas pequenas dicas! Se você tiver alguma dúvida ou tiver alguma informação adicional sobre o assunto, deixe nos comentários!

“Eu viajo… Você embarca… Juntos outra vez em mais um aprendizado!”

Reserve seu Hotel com a nossa parceira Booking.com!



Artigo anterior Próximo artigo

Veja também:

Deixe uma resposta

Comentários